DIETA QUE DEU CERTO MOSTRA 5 ALIMENTOS QUE PARECEM SAUDÁVEIS MAS NÃO SÃO.

20/08/2019

Quantos e quantos alimentos estão nos saltando aos olhos todos os dias e nos passando a mensagem de serem bonzinhos para a nossa saúde! Especialmente quando falamos de alimentos para as crianças. Mas a verdade não é bem assim e hoje vamos analisar alguns. 

1 - Barrinha de cereais
Elas prometem ser uma ótima opção para o lanche das crianças porque são práticas de armazenar e contêm fibras - nutrientes que aumentam a sensação de saciedade, dão energia e ajudam no funcionamento do intestino e na absorção de gorduras. Pelo menos na teoria. Especialistas alertam que muitas das barrinhas de cereais que existem no mercado são, na verdade, ricas em açúcar e sódio. Para saber se a que você compra é assim, compare os ingredientes que estão no rótulo. O que vem primeiro é o que está em maior quantidade, então procure marcas em que a fibra esteja no começo da lista. Prefira as de fruta, que são menos gordurosas, e as que contêm flocos de milho, mel, aveia e castanhas. "Também fique de olho porque a lecitina de soja, substância usada para dar liga no alimento, pode causar alergia nas crianças".

2 - Suco de caixinha
Algumas dessas bebidas, também chamadas de néctar de fruta, têm tanto quanto ou até mais açúcar do que os refrigerantes. São até duas colheres de sopa a cada 200 ml, além de uma quantidade grande de sódio, substância que, em excesso, pode sobrecarregar os rins e aumentar as chances de a criança ter pressão alta no futuro. Os corantes e aromas também aparecem no suco de caixinha (inclusive nos de soja), ou seja, mais química ainda. A saída é alterná-lo com o suco natural (ou água mesmo!). Você pode dar o industrializado no lanche, por exemplo, e o caseiro, no jantar. Na lancheira térmica, o suco natural dura até três horas sem estragar. Para aumentar a duração da bebida, misture-a com água de coco, que retarda o processo de oxidação, é um hidratante natural e não tem muito sódio nem na versão das prateleiras. Outra alternativa são os sucos prontos integrais, que não têm açúcar e só precisam ser dissolvidos em água. Mas não abuse. Qualquer tipo de suco deve ser consumido no máximo duas vezes ao dia, pois são calóricos - pense que, para fazer apenas um copo do de laranja, é preciso três frutas!

3 - Peito de peru
Apesar de ser visto como uma alternativa melhor do que o presunto, os dois têm a mesma quantidade de sódio e gordura porque são uma mistura de carne e pele (eca!) do animal. Para conservar o produto, as indústrias usam nitritos e nitratos, substâncias químicas que, segundo algumas pesquisas, podem causar câncer se consumidas por muito tempo. Por isso, libere esses alimentos embutidos ou processados (e, nessa categoria, entra também a salsicha e a mortadela) apenas uma vez por semana, de preferência a versão sem capa de gordura. 

4 - Leite de soja
A soja é classificada como um alimento saudável, mas nem sempre é uma boa ideia oferecê-la para as crianças. Isso porque pode ser tão alergênica quanto a proteína presente no leite de vaca. "A soja é uma proteína de difícil digestão, por isso, pode causar alergias alimentares em crianças menores de dois anos, que têm um sistema digestivo imaturo". Alguns especialistas até questionam o nome "leite", já que ele não oferece os mesmos nutrientes, como os aminoácidos e o cálcio. Se o seu filho tem intolerância à lactose, você já encontra bebidas com adição de cálcio. Também vale substituir por leite de arroz, amêndoa e de cabra.

5 - Cereal matinal
Já reparou no que sobra no saquinho quando acaba o cereal do seu filho? Açúcar puro. Pode ser uma boa fonte de energia, já que cada grão do cereal é um grão de milho, mas só. "É possível conseguir a mesma quantidade de carboidratos em outros alimentos, como pão integral e mingau". Há, no entanto, opções sem açúcar (em geral, destinadas aos adultos). Você pode adicionar uma fruta, como banana ou morango, para deixar a mistura mais docinha. Depois que seu filho tiver um ano, também dá para usar mel. Se quiser usar açúcar mesmo, prefira o cristal (uma colher de chá basta), que é menos processado do que o refinado.

 

Já que gostamos do assunto vamos falar de mais um vilão, existem  muitos outros!  Mas vamos ver só mais um por hoje rsss.

6 - Empanados de frango
Parece carne de frango, mas o empanado é o que os nutricionistas chamam de compensado, uma mistura de ingredientes nada nutritivos, como partes de frango, pele, farinha e leite em pó. Então, mesmo que você faça assado em vez de frito, ele não é saudável. Para piorar, o que dá gosto à mistura é o glutamato monossódico. "A substância realça o sabor e interfere no paladar da criança, deixando a papila gustativa acostumada a esse tipo de alimento". Muitas vezes o empanado industrializado é usado como substituto da carne de boi ou de frango, que são proteínas completas. Só que eles não são equivalentes. Uma opção é fazê-lo em casa. Não tem tempo? Então, para suprir a quantidade de proteínas da carne, que tal cozinhar cerca de quatro ovos de codorna? O preparo vai levar os mesmos cinco a dez minutos.

Fonte:https://revistacrescer.globo.com

Agora sabemos um pouco mais sobre alguns alimentos e como melhorar a experiência alimentar de nossa família! 

Se você precisa de mais orientações na sua dieta agora pode contar com a equipe Dieta Que Deu Certo, estas e muitas outras informações faram parte da sua vida, vamos te ajudar a perder peso e manter a saúde! 



É uma das lutas mais difíceis e MAS NÃO IMPOSSÍVEL!, por vezes, inglórias de milhões de pessoas no mundo. Descubra estratégias simples, muito fáceis de implementar, que ajudam a controlar o peso. Com os concelhos da Dieta Que Deu Certo.

Os alimentos ricos em carboidratos, como pão, cereais, arroz e todas as massas, são uma importante forma de energia para o organismo, no entanto, quando consumidos em excesso, eles aumentam a quantidade de gordura corporal, pois o excesso de carboidratos é armazenado no organismo como forma de gordura.

"Todas nós" em alguma fase da vida, sofre com pensamentos negativos que não ajudam na motivação do dia-a-dia e muito menos no processo de perda de peso. Tentar contornar esses pensamentos tornando-os positivos é a chave para encarar todas as fases com um sorriso e motivação extra para o que sempre quis, mas não se preocupe a Dieta Que Deu...